LEDs coloridos ao redor das lentes apontam o caminho; rota tem de ser carregada antes no PC



Os sistemas de navegação pessoal estão a ponto de se tornar ainda mais pessoais. Engenheiros japoneses criaram um protótipo que leva a tecnologia de navegação GPS a um par de óculos de aparência praticamente comum.
As especificações do protótipo, que foi revelado na exposição Wireless Japan 2010, no mês passado, oferecem uma visão de como os sistemas futuros de navegação GPS poderão funcionar.
Os óculos, conhecidos como “Wearable Personal Navigation System”, trazem uma bateria, um microcomputador, um sensor direcional magnético e um punhado de luzes LED.
Para fazer os óculos funcionarem e orientarem a direção, você precisaria fornecer seu destino usando um computador. Uma vez que a rota tiver sido calculada,ela será enviada para os óculos.
Os óculos têm LEDs integrados, posicionados de forma circular ao redor da armação. Os LEDs, que são visíveis dentro do campo de visão periférica do usuário, mudarão de cor e posição para mostrar a direção na qual o usuário deveria caminhar.
Os engenheiros responsáveis pelos óculos no Laboratório Nakajima da Universidade de Eletrocomunicações explicaram que os sistemas de navegação disponíveis hoje têm alguns problemas que este protótipo procura resolver.
Os aparelhos GPS atuais – como smartphones – exigem que você olhe para o display enquanto anda, em vez de prestar atenção no caminho. Com os óculos, você seria capaz de olhar para  a frente sem perder as informações de direção.
Com um pouco mais de desenvolvimento e um design melhorado (quem sabe em óculos de sol?), este produto sem dúvida teria seu lugar na coleção de qualquer geek.
(Chris Brandrick)

Fonte